COMENTÁRIOS RECENTES
Páginas Personalizadas
Portfólio
  • Ilustradoras mostram que propaganda de cerveja não precisa ser machista | STUDIO FA Agência Criativa | Branding | Marketing Digital | Web Digital
    921
    post-template-default,single,single-post,postid-921,single-format-standard,woocommerce-no-js,ajax_fade,page_not_loaded,,qode-theme-ver-3.8,wpb-js-composer js-comp-ver-5.0.1,vc_responsive
     

    Blog

    Ilustradoras mostram que propaganda de cerveja não precisa ser machista

      |   Uncategorized   |   No comment

    Depois de anos com propagandas que objetificam o corpo das mulheres e nunca colocam a mulher em um lugar de consumidora da cerveja, mas sim como chamarisco para o produto, a diretora de marketing da Skol, Maria Fernanda de Albuquerque, resolveu dar uma virada e propôs uma campanha diferente.

    A marca acertou na sua proposta lançada no Dia Internacional da Mulher e provou que é possível vender cerveja sem objetificar as mulheres. Oito ilustradoras maravilhosas foram a ponta de lança da campanha que escolheu posters machistas da marca e os recriaram sob um novo olhar: atual, diversificado, libertador.

    Vídeo da campanha que circulou no dia 8 de março.

    As artistas convidadas para fazer as releituras de pôsteres antigos da marca foram: Eva Uviedo, Elisa Arruda, Carol Rosseti, Camila do Rosário, Manuela Eichner, Tainá Criola, Sirlaney Nogueira e Evelyn Queiroz, a Negahamburguer.

    Confira os posters criados:

    Grafiteira e ilustradora, Criola se posiciona no viés contrário à publicidade tradicional geralmente encontrada no meio urbano.
    Grafiteira e ilustradora, Criola se posiciona no viés contrário à publicidade tradicional geralmente encontrada no meio urbano.
    Camila do Rosário nasceu em 1988, em Joinville – SC. Largou o curso de Moda na UDESC para dedicar-se totalmente às artes.
    Camila do Rosário nasceu em 1988, em Joinville – SC. Largou o curso de Moda na UDESC para dedicar-se totalmente às artes.
    Elisa Arruda é uma artista nascida em Belém. Desenvolve atividades em artes que investigam o desenho e sua escala sob o papel e sob o vazio.
    Elisa Arruda é uma artista nascida em Belém. Desenvolve atividades em artes que investigam o desenho e sua escala sob o papel e sob o vazio.
    Evelyn Queiroz é ilustradora e grafiteira. Sua persona artística, a Negamburguer, é inspirada numa boneca de infância que guarda até hoje.
    Evelyn Queiroz é ilustradora e grafiteira. Sua persona artística, a Negamburguer, é inspirada numa boneca de infância que guarda até hoje.
    Sirlanney é artista plástica e quadrinista. Publica seus trabalhos na internet e em feiras independentes, além de participar de palestras e bate-papos sobre quadrinhos e auto-representação da mulher e do feminismo.
    Sirlanney é artista plástica e quadrinista. Publica seus trabalhos na internet e em feiras independentes, além de participar de palestras e bate-papos sobre quadrinhos e auto-representação da mulher e do feminismo.
    Manuela Eichner é artista visual formada em Escultura pela UFRGS/RS. Sua produção engloba desde vídeos e performances até oficinas colaborativas, passando pelo desenvolvimento de estampas, ilustrações e colagens tridimensionais.
    Manuela Eichner é artista visual formada em Escultura pela UFRGS/RS. Sua produção engloba desde vídeos e performances até oficinas colaborativas, passando pelo desenvolvimento de estampas, ilustrações e colagens tridimensionais.
    Carol Rossetti é designer e ilustradora. Seus principais projetos autorais, “Mulheres” e “Cores”, ganharam grande repercussão no ambiente digital.
    Carol Rossetti é designer e ilustradora. Seus principais projetos autorais, “Mulheres” e “Cores”, ganharam grande repercussão no ambiente digital.
    Eva Uviedo é argentina radicada em São Paulo, Eva Uviedo tem em seu currículo de ilustradora trabalhos como aquarelas do livro “Queria Ter Ficado Mais” (Lote 42, 2015], e dois livros em coautoria com a escritora Clara Averbuck.
    Eva Uviedo é argentina radicada em São Paulo, Eva Uviedo tem em seu currículo de ilustradora trabalhos como aquarelas do livro “Queria Ter Ficado Mais” (Lote 42, 2015], e dois livros em coautoria com a escritora Clara Averbuck.

    A marca ainda abriu possibilidade para que mais mulheres enviem artes para participar da ideia e que posters machistas que ainda existirem possam ser substituídos. Confira no site da campanha.

    by Raíssa Galvão

    No Comments

    Sorry, the comment form is closed at this time.

    Contato Whatsapp